Quadrilha que roubava veículos de luxo é desarticulada pela Polícia Civil

Quadrilha que roubava veículos de luxo é desarticulada pela Polícia Civil

Organização criminosa realizava ainda clonagem e lavagem de dinheiro

Correio do Povo

Houve o cumprimento de 50 ordens judiciais em sete cidades

publicidade

A Polícia Civil deflagrou ao amanhecer desta sexta-feira uma operação para desarticular uma organização criminosa que roubava veículos de luxo para posterior clonagem e lavagem de dinheiro. Houve o cumprimento de 50 ordens judiciais, entre mandados de prisão, de busca e apreensão, de sequestro de veículos e bloqueio de contas bancárias em Porto Alegre, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Alvorada, Tramandaí e Cidreira, além de Florianópolis, em Santa Catarina. Na ação foram presos 17 criminosos.

A investigação foi conduzida pela Delegacia de Roubo de Veículos (DRV) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), sob comando dos delegados Rafael Liedtke e Marco Guns, em cooperação com a Delegacia Especializada na Repressão aos delitos de Lavagem de Dinheiro do Deic, coordenada pelo delegado Marcus Viafore. Estão sendo apurados em tese os crimes de lavagem de capitais, roubo e furto de veículos, adulteração de sinais identificadores, receptação e uso de documentos falsos.

O trabalho investigativo começou há cerca de nove meses, quando um casal foi preso em flagrante em Cachoeirinha na posse de seis veículos furtados ou roubados e já clonados, além de documentos falsificados de porte obrigatório. Os agentes da DRV descobriram então a existência de um verdadeiro esquema criminoso que consistia na prática de furtos e roubos de veículos de luxo sob encomenda e posterior adulteração dos sinais identificadores. Os lucros auferidos eram divididos por todos integrantes da organização criminosa de acordo com a tarefa realizada por cada um.

A operação contou com a colaboração da Delegacia de Roubo de Veículos da Diretoria Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil de Santa Catarina, chefiada pelo delegado Rodrigo Bortolini. Os agentes catarinenses executaram mandados de busca e apreensão e de prisão contra um criminoso gaúcho residente na praia de Ingleses, no Norte da Ilha de Florianópolis. Uma BMW, X3, de cor branca, avaliada em cerca de 140 mil, foi recolhida.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895