Após União anunciar Bivar, Moro pede "clareza" de outros partidos

Após União anunciar Bivar, Moro pede "clareza" de outros partidos

Sergio Moro cobra definição das outras siglas e diz que segue como "soldado da democracia estimulando a composição"

R7

No fim de março, Moro trocou o Podemos pelo União Brasil

publicidade

O ex-juiz Sergio Moro pediu clareza na definição de pré-candidatos à República de outros partidos. No primeiro pronunciamento após o União Brasil definir Luciano Bivar para disputa da presidência, Moro disse que segue como “soldado da democracia estimulando a composição”, mas não definiu o cargo que vai disputar nas eleições nem parabenizou o partido pela escolha. 

“O União Brasil escolheu o seu pré-candidato à Presidência, Luciano Bivar. Espera-se que os demais partidos também possam definir, com clareza, os seus pré-candidatos. Sigo como um soldado da democracia, estimulando a composição para romper a polarização política”, publicou nas redes sociais.

No fim de março, Moro trocou o Podemos pelo União Brasil na expectativa de concorrer no pleito presidencial e chegou a dizer que nunca pensou em participar das eleições para a Câmara dos Deputados. Contudo, o nome dele nunca foi unanimidade dentro da sigla para disputar o Palácio do Planalto.

A Comissão Executiva Nacional do partido de Moro aprovou, nesta quinta-feira, por unanimidade, a indicação do presidente nacional do partido, o deputado federal Luciano Bivar (PE), como pré-candidato à Presidência da República nas eleições deste ano. 

Em nota, a legenda informou que “tem trabalhado incansavelmente na tentativa de construir uma candidatura que ofereça esperança de um futuro melhor para todos os brasileiros. A partir de agora, o União Brasil se reunirá com os demais partidos que compartilham os mesmos ideais e projetos em busca de um nome de consenso”.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895