Bolsonaro anuncia ações e credita queimadas a clima quente
capa

Bolsonaro anuncia ações e credita queimadas a clima quente

Em pronunciamento, presidente reforçou que incêndios de vegetação ocorrem todos os anos na região

Por
Correio do Povo

Pronunciamento foi ao ar em rádios e TVs na noite desta sexta-feira

publicidade

Em pronunciamento a rádios e TVs na noite desta sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre as medidas adotadas pelo governo federal para combater os incêndios na Amazônia Legal. O presidente creditou a situação, ainda, ao clima mais quente em 2019, e que as queimadas ocorrem todos os anos. A principal medida de controle foi a assinatura da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) por parte das Forças Armadas para atuação na região.

De acordo com Bolsonaro, a questão da Amazônia tem atraído a "atenção do Brasil e do mundo" nas últimas semanas, e citou que trata-se de parte essencial da História e do território do país. "Pela minha trajetória como militar e homem público, tenho profundo respeito pela Amazônia, e a proteção dela é nosso dever", assegurou.

Ele garantiu que o Governo Federal ofereceu ajuda a todos os Estados que fazem parte da Amazônia legal, e voltou a citar a assinatura da GLO que garante a atuação das Forças Armadas no território, para ajudar a combater desmatamento ilegal, atividades criminosas e avanços de queimadas na região.

Bolsonaro reforçou que as queimadas na região ocorrem em todos os anos, e reafirmou mais uma vez que o país é exemplo de sustentabilidade. "Em anos mais quentes, elas acontecem com maior frequência. Mas não estamos satisfeitos com isso, e vamos atuar fortemente para controlar os incêndios na Amazônia", garantiu.

A medida já foi publicada no Diário Oficial da União. O Twitter do Palácio do Planalto postou e confirmou a assinatura do decreto.