CPI da Covid aprova convocação do empresário bolsonarista Otávio Fakhoury

CPI da Covid aprova convocação do empresário bolsonarista Otávio Fakhoury

Ele é suspeito de financiar canais de disseminação de informações falsas sobre a pandemia. E será ouvido nesta quinta, 30.

AE

CPI da Covid aprova convocação do empresário bolsonarista Otávio Fakhoury

publicidade

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid do Senado aprovou nesta terça-feira, 28, a convocação do empresário Otávio Fakhoury, apoiador do presidente Jair Bolsonaro, para prestar depoimento aos senadores. O autor do requerimento é o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

"O senhor Otávio Fakhoury foi identificado como o maior financiador dos canais de disseminação de notícias falsas, como o Instituto Força Brasil, Terça Livre e Brasil Paralelo. Esses canais estimularam o uso de tratamento precoce sem eficácia comprovada, aglomeração e diversas outras fake news sobre a pandemia", afirmou o senador no pedido.

Fakhoury deve ser ouvido na quinta-feira, 30. Ele é presidente do PTB-SP e alvo da CPMI das Fake News, que voltará a funcionar após a conclusão da CPI da Covid.

Operação Pés de Barro

A CPI também aprovou outro requerimento de Randolfe pelo compartilhamento de informações da Operação Pés de Barro, deflagrada semana passada pela Polícia Federal para apurar fraudes na aquisição de medicamentos de alto custo pelo Ministério da Saúde, entre maio 2016 e abril de 2018, período em que a pasta teve como chefe o atual líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (Progressistas-PR), no governo Michel Temer.

O caso apura um rombo de R$ 20 milhões pagos antecipadamente à Global Gestão em Saúde.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895