Lula diz que novo presidente do BC não vai se submeter às pressões do mercado

Lula diz que novo presidente do BC não vai se submeter às pressões do mercado

Presidente da República comparou o ex-presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, a Sergio Moro por ter “rabo preso a compromissos políticos”

Estadão Conteúdo

Para Lula, o novo presidente do Banco Central tem que ser uma pessoa séria e dirigir a política monetária do país

publicidade

Na entrevista que concedeu na manhã desta terça-feira, à Rádio CBN, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), reiterou que a escolha do novo presidente do Banco Central, em substituição a Roberto Campos Neto, a quem criticou duramente, terá um perfil com foco no crescimento do país e “que não vai se submeter às pressões do mercado”.

Veja Também


Ao dizer que Campos Neto tem um viés político de atuação, citando o jantar em que foi homenageado pelo governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), Lula disse que ele está com uma trajetória semelhante a de Sergio Moro, que deixou o governo Jair Bolsonaro, onde ocupava a pasta da Justiça, para se lançar na seara política. “O paladino da Justiça, com rabo preso a compromissos políticos.”

Para ele, o novo presidente do Banco Central tem que ser uma pessoa séria e dirigir a política monetária deste país, levando em conta a necessidade de controlar a inflação e o crescimento. E não se submeta às pressões do mercado.


Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895