Lula será transferido de Curitiba para São Paulo
capa

Lula será transferido de Curitiba para São Paulo

Decisão foi assinada pela juíza substituta Carolina Lebbos

Por
R7

Lula deve ir para São Paulo

publicidade

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ser transferido de Curitiba para São Paulo. A decisão foi assinada pela juíza substituta Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, na manhã desta quarta. Segundo a decisão, a manutenção da prisão de Lula em Curitiba gera prejuízo ao interesse público, com o emprego de recursos humanos e financeiros destinados à atividade policial na custódia do ex-presidente. Ainda não foi divulgado o local onde Lula ficará preso.

A juíza também levou em consideração o pedido da defesa que alega que, em São Paulo, Lula ficaria mais próximo de seus familiares e amigos. O Ministério Público Federal (MPF) havia se manifestado contrário à transferência, entre outros argumentos por Lula ainda responder a outras ações penais na Justiça Federal do Paraná. Carolina Lebbos, porém, frisou que tais procedimentos já tiveram instrução encerrada, não mais justificando a permanência do réu em Curitiba.  

A magistrada determinou ainda que seja considerada a situação peculiar do ex-presidente, que deve ter sua segurança garantida pelo estado, em estabelecimento adequado para tal. Para a defesa, deve ser garantida a Lula a permanência em uma sala de estado-maior.

O ex-presidente havia sido condenado a 12 anos e 1 mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex no Guarujá (SP). Três meses depois da condenação, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) reduziu a pena do petista para 8 anos, 10 meses e 20 dias de prisão. 

Lula está preso desde abril do ano passado na carceragem da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba. A prisão foi determinada pelo então juiz Sergio Moro, responsável pelo caso na primeira instância, com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que autorizou a prisão após o fim de recursos na segunda instância da Justiça.

O R7 entrou em contato com a defesa do ex-presidente, mas ainda não obteve resposta.

Absolvição em caso com Odebrecht 

Recentemente, no dia 24 de julho, Lula foi absolvido da acusação de organização criminosa e lavagem de dinheiro em um dos processos que apuram o suposto favorecimento da Odebrecht em contratos em Angola, na África. O sobrinho do ex-presidente, Taiguara Rodrigues dos Santos, também foi absolvido de parte das acusações. A decisão foi tomada pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília.