Marchezan garante extensão do desconto de 12% no IPTU até fevereiro

Marchezan garante extensão do desconto de 12% no IPTU até fevereiro

Proibido de conceder 15%, prefeito eleito pediu que população deixe para pagar tarifa em 2017

Correio do Povo

Marchezan garante extensão do desconto de 12% no IPTU até fevereiro

publicidade

Proibido de oferecer desconto de 15% no IPTU para os contribuintes que pagarem o imposto após 3 de janeiro, o prefeito eleito, Nelson Marchezan Jr, se manifestou em nota nesta quarta-feira. No documento, ele se comprometeu a prolongar o desconto de 12% proposto pelo atual gestor, José Fortunati, até o quinto dia útil de fevereiro.

"Conclama-se, contudo, os cidadãos porto-alegrenses para que realizem o pagamento do tributo, com o desconto assegurado, a partir da próxima segunda-feira, contribuindo com uma gestão fiscal responsável e o futuro de nossa cidade", contrapôs Marchezan.

Para a equipe de gestão da próxima prefeitura, da decisão do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Pedro Henrique de Souza, "confirma a competência da nova gestão para a concessão do desconto para pagamento em cota única do IPTU 2017, conforme a legislação vigente". É embasado nisso, que Marchezan se comprometeu com a extensão do desconto.

O prefeito eleito também questionou a restrição que não foi feita a Fortunati para conceder o benefício antecipado. "As exigências definidas na decisão, em especial a estimativa de impacto financeiro, não o foram, por este mesmo Tribunal, da gestão que se encerra, ou de qualquer outro município", enfatizou a nota oficial. "A bem da verdade, a postura adotada pela nova gestão, desde o princípio tem seu fundamento no respeito irrestrito da Lei de Responsabilidade Fiscal."

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895