Marina Silva ignora evento da Rede em apoio à candidatura de Lula

Marina Silva ignora evento da Rede em apoio à candidatura de Lula

"Esperava que a Marina estivesse aqui", disse ex-presidente da República em aceno concreto à presidente do partido

R7

Gleisi Hofmann, Lula e membros da Rede Sustentabilidade durante ato em Brasília

publicidade

O partido Rede Sustentabilidade fez um evento nesta quinta-feira, em Brasília, de apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República, mas sem a presença da presidente da sigla, Marina Silva. Ela, que também já foi candidata à presidente, ocupou o cargo de ministra do Meio Ambiente nos dois governos de Lula.

Em sua fala, ao lado do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e outras lideranças da Rede, o ex-presidente e pré-candidato fez um aceno concreto a Marina. "Eu, na verdade, esperava que a Marina estivesse aqui. Porque a minha relação com a Marina é muito antiga, muito grande. Eu, às vezes, não sei porque ela demonstra momentos de raiva. Mas quero dizer para você que eu aprendi a gostar da Marina quando ela ainda era menina no estado do Acre", afirmou.

O ex-presidente ainda lembrou que a indicou para ser ministra quando estava em viagem a Nova York, nos Estados Unidos. "Ela jamais imaginou que eu iria indicar ela para ser ministra em Nova York. Eu perdi muitas amizades com muitos intelectuais que achavam que iam ser chamados para ser ministros quando eu indiquei a Marina", pontuou.

Marina não tem apoiado a pré-candidatura de Lula. Após conversas internas, parlamentares e filiados da Rede informaram que iriam apoiar o petista e, para evitar um racha, houve deliberação da Executiva da legenda no sentido de permitir o apoio a Lula. Os dois ainda não conversaram, e a ex-ministra demonstra sinais de apoiar a candidatura de Ciro Gomes, do PDT.

Veja Também

Após o evento, o senador Randolfe Rodrigues comentou a ausência da presidente de seu partido, ressaltando estar confiante de que, em breve, a Rede fará um novo ato de apoio a Lula — desta vez, com a presença de Marina. De acordo com ele, o ex-presidente fará contato com a ex-ministra em breve.

Perguntado sobre o que trava o apoio, afirmou: "Existia uma emergência de fazer um movimento de manifestações de apoio que já estavam consolidadas, e não coincidiu o protocolo com o de Marina. Mas estou convencido de que vamos ter Marina"


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895