Moraes determina prisão preventiva do blogueiro Oswaldo Eustáquio

Moraes determina prisão preventiva do blogueiro Oswaldo Eustáquio

Segundo a decisão, o apoiador do presidente Bolsonaro, investigado no inquérito dos atos antidemocráticos, desrespeitou a prisão domiciliar

R7

Eustáquio é investigado no inquérito que apura atos antidemocráticos

publicidade

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na quinta-feira a prisão preventiva do blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio por desrespeitar as regras de prisão domiciliar.

Eustáquio é investigado no inquérito que apura atos antidemocráticos, o que lhe rendeu prisão em junho. Em novembro, ele foi preso novamente após ignorarmedidas cautelares impostas pelo STF, mas ganhou o benefício da prisão domiciliar.

Segundo a decisão de quinta-feira, Eustáquio agora deixou sua residência para ir até a sede do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado pela ministra Damares Alves. O deslocamento foi apontado pelo monitoramento eletrônico.

A decisão de Moraes atende um pedido feito pela Procuradoria-Geral da República e cita ainda que o investigado chegou a fazer post nas redes sociais mostrando o descumprimento da prisão domiciliar. 

“Após sucessivas oportunidades concedidas ao investigado, ele continuou a insistir na prática dos mesmos atos que lhe foram anteriormente vedados por expressa determinação da Justiça, situação que revela a inutilidade das medidas cautelares impostas, bem como a própria ineficácia da prisão domiciliar, haja vista que Oswaldo Eustáquio Fillho, ao invés de permanecer no interior da sua residência cumprindo o que lhe fora determinado, continuou circulando livremente além do limite permitido”, escreveu o ministro.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895