capa

Oposição questiona ficar fora de coletiva sobre Reforma da Previdência

Parlamentares argumentaram que relator do texto não poderia antecipar questões fora de comissão especial

Por
Estadão Conteúdo

Presidente da Casa foi questionado pela oposição na coletiva

publicidade

Durante coletiva de imprensa com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP) e líderes partidários, deputados da oposição questionaram o motivo de não terem sido convidados para o evento. Além disso, eles alegaram que Moreira não poderia estar antecipando seu parecer fora da comissão especial que analisa a proposta.

A líder da minoria, Jandira Feghalli (PCdoB-RJ), afirmou que Moreira estava sendo parcial ao não convidar a oposição para o debate desta quarta-feira. Já o líder do PDT, André Figueiredo, disse que a reunião era um "conluio".

Deputados favoráveis à reforma protestaram e um bate-boca foi iniciado. "É uma reunião informal dos partidos que apoiam essa reforma, não tem nada de anormal aqui", rebateu o líder do MDB, Baleia Rossi. A reunião voltou ao normal com o início da fala de Samuel Moreira.