PSDB quer reestruturar as bases na eleição de 2020
capa

PSDB quer reestruturar as bases na eleição de 2020

Objetivo é lançar candidato à Presidência da República em 2022

Por
Luiz Sérgio Dibe

Evento reuniu lideranças da sigla em Porto Alegre

publicidade

O presidente nacional do PSDB, deputado federal Bruno Araújo, declarou, no congresso estadual realizado em Porto Alegre, no sábado, que o partido projeta reestruturar suas bases na eleição municipal do ano que vem para viabilizar uma candidatura própria à Presidência da República em 2022.

“Neste cenário de grande polarização, o papel do centro é dialogar com os diversos setores da sociedade e apresentar uma alternativa para a população”, disse ele, às lideranças presentes no evento. 

Araújo esteve na Capital para lançar a iniciativa tucana de realizar uma consulta aberta entre os filiados com objetivo de colher opiniões e formar diretrizes para os próximos anos. “Em 2018 passamos por um tropeço, mas vamos reorganizar nossa base para termos a condição de apresentar um candidato e uma proposta para o Brasil em 2022. Sabemos que o eleitor não escolhe partidos e, sim, líderes. O governador do Rio Grande do Sul é um desses líderes. Eduardo Leite é uma das apostas para o futuro do PSDB”, sinalizou.

Antes dele, o governador gaúcho fez o pronunciamento de abertura das atividades no qual voltou a defender seu pacote de revisão das carreiras públicas e da Previdência do funcionalismo estadual. “O PSDB sempre olhou para as reformas necessárias para construir um ambiente favorável para quem quer empreender. Isso significa ter responsabilidade com as finanças públicas. Para que a máquina seja eficiente, o Estado não pode gastar mais do que arrecada”, comentou.