TRF4 decidirá em 30 de outubro se processo do sítio de Atibaia voltará à primeira instância
capa

TRF4 decidirá em 30 de outubro se processo do sítio de Atibaia voltará à primeira instância

Sentença referente ao caso do ex-presidente Lula poderá ser anulada

Por
Correio do Povo

Julgamento envolvendo ex-presidente Lula está marcado para o dia 30 de outubro

publicidade

O relator da operação Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador João Pedro Gebran Neto, decidiu nesta quarta-feira que a 8ª Turma da Corte irá julgar no dia 30 de outubro se o processo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva referente à propriedade do Sítio de Atibaia deverá ou não voltar para a primeira instância para correção na ordem de apresentação de alegações finais

Dessa forma, caso a turma entenda que a ação teve o mesmo andamento processual do processo de Aldemir Bendine, a sentença será anulada e a ação volta para a fase das alegações finais.

Veja a íntegra da decisão:

“Considerando o quanto decidido pelo Supremo Tribunal Federal nos julgamentos dos HC's nºs 157.627 (Aldemir Bendine) e 166.373 (Márcio de Almeida Ferreira), a respeito da ordem de apresentação de alegações finais em processos em que há corréus colaboradores, entendo adequado o enfrentamento do tema como preliminar de julgamento, em Questão de Ordem pela 8ª Turma. Para tanto, indico a sessão de 30/10/2019 para inclusão em mesa para julgamento exclusivamente com relação à referida questão prejudicial de mérito”.