"Vamos aprovar todas as reformas", diz Maia
capa

"Vamos aprovar todas as reformas", diz Maia

Presidente da Câmara concordou com ideia de que o governo está legislando em demasia por medidas provisórias

Por
AE

Maia acredita que reformas sugeridas pelo governo federal são importantes para o país

publicidade

Em meio a uma crescente avaliação de que não há mais ambiente político para aprovação de outras reformas previstas pelo governo, como a tributária e a administrativa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira, 4, que todos os projetos serão aprovados.

"(O governo) consegue aprovar. Vamos aprovar todas as reformas, não são importantes só para o governo, são importantes para o Brasil", disse o parlamentar a jornalistas, depois de ter sido questionado sobre se o Executivo teria condições de passar outras reformas após a tramitação da reforma da Previdência. 

Maia também foi perguntado sobre se o governo não estava "legislando muito" por meio de medidas provisórias. Ele concordou, mas ponderou que todos os governos recorrem a esse instrumento. "Sou a favor de mudar a Constituição e vedar a MP, mas ainda não sou majoritário", afirmou. 

O presidente da Câmara deu as declarações após ter participado de evento em São Paulo do JPMorgan. Ele participou de um painel ao lado do secretário do Tesouro, Mansueto Almeida. A conversa foi mediada pela economista-chefe do banco para ao Brasil, Cassiana Fernandez.