Campeões da raça Normando são das cidades de Alegrete e Júlio de Castilhos
capa

Campeões da raça Normando são das cidades de Alegrete e Júlio de Castilhos

Premiação ocorreu nesta segunda-feira na 42ª Expointer

Por
Fernanda Bassôa

Premiação ocorreu nesta segunda-feira na 42ª Expointer

publicidade

Asp Pandora 912 Arnica (1323), da Cabanha Estância de São Pedro, de Alegrete, cujos criadores são Thais Maria Bento Pires Lopa e Agropecuária São Pedro, foi escolhida a grande campeã da raça Normando na tarde desta segunda-feira. O macho Mareco do Cerrito 617 (box 1315), da Cabanha Cerrito, de Júlio de Castilhos, foi o vencedor da mesma raça.

Um dos avaliadores do julgamento, o criador e doutor em reprodução, Dodani Machado, disse que entre as características analisadas está o andar do animal. “Como trata-se de uma raça mista, levamos em consideração a musculatura e a capacidade de produção de leite. A Normando é uma raça que produz carne de qualidade. Além disso, produz mais queijo com menos quantidade de leite. Algumas já produzem leite hipoalérgico”, disse Machado, que veio de Canoinhas, Santa Catarina, para fazer a avaliação dos animais da feira.

Na sexta-feira, três fêmeas da mesma raça morreram depois que o caminhão que transportava os animais tombou nas imediações da ERS-122, em Farroupilha. Além dos três bovinos Normando, outros dez da raça Canchim também perderam a vida no acidente. Todos vinham da cidade de Guarapuava, no Paraná.