Sexta-feira já em clima de despedida do Parque de Exposições Assis Brasil

Sexta-feira já em clima de despedida do Parque de Exposições Assis Brasil

Expointer Digital ocorre até domingo com atividades presenciais e virtuais

Gabriel Guedes

Com dois dias para o encerramento da feira, parte dos participantes já estão voltando para casa

publicidade

O último final de semana de Expointer Digital 2020 já mostra os primeiros indícios de que o final desta edição se aproxima. Depois do Desfile dos Campeões, alguns dos expositores já começaram a ir embora e, com eles, parte dos cerca de mil animais que estiveram no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Além da partida precoce, chamou a atenção da saída ser parecida como a chegada, sem público, mesmo restando ainda dois dias para o término do evento. No pavilhão da Agricultura Familiar, o movimento foi semelhante ao da quinta-feira, quando mais de 220 veículos ingressaram no circuito de drive-thru, mesmo com o tempo chuvoso e temperatura amena. O evento segue com a atração e a programação na web até domingo.

O médico veterinário da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) Paulo Souza, comissário da Expointer Digital, diz que todo o processo de saída foi agilizado, de forma a se evitar aglomerações. “Os documentos de retorno já são emitidos antes. Entre ontem (quinta-feira) e hoje (sexta-feira), saiu bastante ovinos. Gados de leite acreditamos que já deixem o parque neste sábado de manhã, bem como os quarto-de-milha (cavalos)”, observa Souza.

Veja Também

Próximo ao portão 8 do Parque, onde funciona a inspeção dos animais, o freteiro João Oliveira, 28 anos, se preparava há mais de uma hora, desde às 14h30, para partir rumo a Ijuí. Na carga do caminhão, estavam oito cavalos quarto-de-milha, pertencentes à Cabanha SS. Mas a Expointer deste ano, segundo ele, não deixará saudade. “O quarto-de-milha não é bem visto. Acabaram deixando a gente muito longe de tudo”, se queixa do local onde foram realizadas as atividades, próximo ao portão 10. Para o criador de gado Simbrasil, Eduardo Zoratto Borges de Assis, da Cabanha Angico 1, de Jaquirana, o evento termina de forma estranha. “Parece que está tudo ainda sendo preparado”, resume.

Mas, para o criador de ovinos Texel, Eduardo Afonso Bison, 26 anos, de Vargeão, município do oeste de Santa Catarina, foi muito importante a manutenção da edição 2020 da Expointer. "Valeu a pena, pois a divulgação foi muito realizada e muitas pessoas de fora entraram em contato nos parabenizando. E eu acredito que foi fundamental para a genética e para a raça, para a continuidade do que vinha sendo feito há 50 anos. Não houve oportunidade melhor quanto esta para mostrar nosso trabalho feito ano a ano”, frisa Bison, que estava retornando para o estado vizinho na tarde de ontem.


publicidade


publicidade


publicidade


publicidade


publicidade


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895