Os novos resultados e próximos passos da vacina russa contra a Covid-19

Os novos resultados e próximos passos da vacina russa contra a Covid-19

Por
Correio do Povo

Resultados do estudo foram publicados na revista Lancet nesta sexta-feira


publicidade

A vacina russa Sputnik-V avançou hoje um importante degrau para se tornar o primeiro imunizante eficaz e seguro contra a Covid-19. Conforme publicado na revista científica Lancet, os resultados foram satisfatórios nas fases 1 e 2, com produção de anticorpos em todos os participantes. Agora, a vacina passará por uma nova etapa – que incluirá 40 mil participantes de várias idades e com diferentes níveis de risco.

Com orçamento de R$ 200 milhões, o Paraná deve ser o primeiro estado brasileiro a importar o imunizante russo. Em coletiva de imprensa, o diretor-presidente do Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná), Jorge Callado, afirmou hoje que a vacinação em massa no estado deve acontecer ainda no início de 2021. Já a produção da vacina em território nacional está prevista para o segundo semestre do ano que vem.

Para analisar os novos resultados da Sputnik-V e a importância do estudo em escala mundial, o Direto ao Ponto conversou com o Doutor em microbiologia da genética viral e pesquisador do Instituto Questão de Ciência, Luiz Almeida.

Ouça:

 
Ouça este e outros episódios dos podcasts do Correio do Povo pelos principais serviços de reprodução de áudio. Basta fazer a procura por “Correio do Povo” ou pelo nome do programa. Se preferir, clique nas imagens abaixo: