15 de janeiro de 1920 - O serviço ferroviário no Rio Grande do Sul
capa

15 de janeiro de 1920 - O serviço ferroviário no Rio Grande do Sul

Ouça o que foi notícia há um século

Por
Correio do Povo

Construção de ferrovia ligando Rio Grande a São Paulo

publicidade

O jornal Correio do Povo de 15 de janeiro de 1920 noticiava: "Noticia-se que se cessou a agitação que se vinha observando na estação Herval e outras da Estrada de Ferro São Paulo - Rio Grande, determinada pela falta de vagões o que ameaçava degenerar em graves depredações, que as providencias das autoridades militares concorreram, certamente, para evitar. Antes assim. Por muito justa que seja a indignação dos hervateiros daquella região, impossibilitados de exportarem a sua producção e vendo assim annullar-se o seu trabalho e perder-se o fructo de sua labuta, por muito explicavel que seja a sua revolta, força á convir que não só a traducção dessa indignação em actos de destruição e vingança não só não traria nenhum remedio, como aggravaria ainda mais a penosa situação de que tão pesados prejuizos estão decorrendo".

Insatisfeitos com o serviço ferroviário local, vários produtores e até passageiros passaram a depredar os trens durante a sua passagem na linha férrea, eles reclamavam da falta de horários fixos no itinerário e também da falta de manutenção nos vagões.

Ouça:

 
Ouça este e outros episódios dos podcasts do Correio do Povo pelos principais serviços de reprodução de áudio. Basta fazer a procura por “Correio do Povo” ou pelo nome do programa. Se preferir, clique nas imagens abaixo: