A falta de criatividade dos governos compromete a maior parcela dos servidores públicos
capa

A falta de criatividade dos governos compromete a maior parcela dos servidores públicos

Políticas em nível nacional, estadual e municipal limitam-se a diminuir o tamanho da máquina pública

Por
Correio do Povo

Greve dos professores do CPERS.

publicidade

Há muito tempo a imaginação abandonou os governantes. Não surgem novos projetos que criem desenvolvimento, reformas trabalhistas retiram direitos e reduzem salários a média prazo. Diminuindo ganho de funcionários e consequentemente o número de serviços prestados, as soluções limitam-se a privatizações, terceirizações e na exclusão do estado de responsabilidades. O funcionalismo público tornou-se inimigo, os principais prestadores de serviço como professores e policiais civis ganham pouco e vão ganhar menos ainda com as reformas que vem sendo aprovadas. 

Ouça