Nascer do sol no Litoral atrai fiéis espectadores em Imbé
capa

Nascer do sol no Litoral atrai fiéis espectadores em Imbé

Espetáculo encanta moradores e veranistas

Por
Chico Izidro

Nascer do sol atrai muitos espectadores no Litoral Norte

publicidade

O nascer do sol é sempre um espetáculo à parte no Litoral Norte. Por conta disso, muitas pessoas costumam curtir o espetáculo natural na beira do mar, nas primeiras horas da manhã. Mas o que importa mesmo é a beleza proporcionada.

“Faz alguns dias que venho para cá e queria ver o nascer do sol, mas estava sempre nublado. Hoje foi tudo diferente”, comemorou Adriano Buche, ao lado da filha adolescente Lavine, de São Sebastião do Caí, na beira da praia de Imbé. “Chegamos ainda escuro, por volta das 5h30min”, afirmou.

O convite para ver o espetáculo partiu da amiga Idelma da Rosa Fernandes, moradora de Imbé há quatro anos. “Sempre venho assistir esta maravilha. E quando o Adriano falou que não estava tendo a sorte, eu disse que agora seria diferente. E aí está a resposta”, disse ela, apontando para o horizonte, onde o sol brilhava com intensidade.

Ali perto, Clena Zucco, natural de Sapiranga, convidou os amigos Fabiana Steil e Luciano Steil, da mesma cidade, para assistir o fenômeno ao amanhecer. “Eles toparam na hora, ainda mais que teríamos uma hora a mais de sono por causa do final do horário de verão”, recordou ela. “E isso é lindo demais”, destacou. “Bonito demais. É mágico, simplesmente não tem explicação. Chegamos em Imbé há 15 dias e agora não tem mais motivo de arrependimento”, disse.

Já Fabiana estava emocionada, com lágrimas nos olhos. “Sinto como se minhas energias estivessem se renovando”, disse. “Valeu muito mesmo à pena ter levantado tão cedo para assistir a esta maravilha”, finalizou.

“Renova mesmo a energia”, ressaltou João Carlos Fonseca do Nascimento, de Nova Hartz, que ao lado de dois amigos, decidiu sair da cama mais cedo e dar uma caminhada pela beira da praia e assistir ao sol nascer. “Sempre que venho para cá, faço isso. Olhar o sol, o mar nestas horas da manhã. Parece que o restante do dia fica melhor, mais aproveitável”, concluiu.