Tempo nublado não afasta banhistas da beira-mar de Tramandaí
capa

Tempo nublado não afasta banhistas da beira-mar de Tramandaí

Temperatura não ultrapassou os 24ºC nesta sexta-feira

Por
Chico Izidro

Temperatura não ultrapassou os 24ºC nesta sexta-feira

publicidade

A sexta-feira foi marcada por muita chuva, o que preocupou os veranistas no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Mais tarde, o sol apareceu, mas não por muito tempo. As nuvens escuras e o vento foram dominantes, fazendo com que a temperatura varie entre os 21 e 24 graus. Já o mar gaúcho registrou água gelada e um pouco marrom. Mesmo assim, este tempo mal-humorado não afastou os banhistas. Pelo contrário, em Tramandaí, muita gente decidiu curtir o dia. Era quase impossível conseguir lugar para estacionar o carro na Avenida Beira-Mar.

“Hoje está ventando muito e a água não está legal. Então o jeito foi dar uma caminhada e conversar bastante”, afirmou Edison Correia, ao lado da esposa Janete. Os dois estão em Tramandaí desde o dia 26 de dezembro, com objetivo de ficarem até o dia 16 de janeiro, junto com o filho João Vítor. A família de Porto Alegre está hospedada na Colônia Geraldo Santana.

“O local é ótimo, ainda mais para o nosso filho”, revelam. Eles contam que chegaram a ir para Palhoças noutro veraneio, em Santa Catarina, mas o garoto de 15 anos não curtiu. “Aqui ele tem os amigos, e fazem muitas atividades, como jogar bola e sinuca. Então pensamos mais nele”, contou Janete. “E só o fato de estarmos no Litoral nesta época já vale muito. A gente já sai da rotina”, destacou Edison. O casal gostaria de ficar mais tempo em Tramandaí. “Se conseguirmos alugar um apartamento que caiba em nosso orçamento, quem sabe”, concluiu.  

Já as amigas Ani Mari Neres Soares e Joelma Miranda, chegaram exatamente nesta sexta-feira em Tramandaí, onde ficarão até o dia 10 deste mês. Ani, que reside em Porto Alegre, garantiu estar gostando do dia, mesmo com o vento e as nuvens. “Me nego a entrar na água, mas também nada de ficar no hotel. Então vim dar uma caminhada, mas se a água estivesse limpinha, eu entraria”, contou ela, que costuma mais ir para Capão da Canoa, Torres ou as praias de Santa Catarina no veraneio.

Joelma, moradora de Arroio dos Ratos e muito sorridente, por outro lado gostou muito do dia. “Como ao contrário dela (Ani), que não trabalha mais e eu sim, vou aproveitar o máximo estes dias”, destacou. “Além de caminhar bastante, à noite vou fazer festa”, revelou.