Correio do Povo | Notícias | Ufrgs está entre as 500 melhores universidades do mundo

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 16 de Dezembro de 2018

  • 13/08/2010
  • 10:56
  • Atualização: 11:16

Ufrgs está entre as 500 melhores universidades do mundo

Lista realizada por universidade chinesa inclui USP entre as 150

  • Comentários
  • Correio do Povo e AFP

Uma lista divulgada nesta quinta-feira pelo site Echos aponta seis universidades brasileiras entre as melhores do mundo: USP (entre as 150 melhores), Unicamp (300 melhores), UFMG, UFRJ, Unesp (as três entre as 400 melhores) e Ufrgs (entre as 500 melhores). A classificação 2010 das 500 melhores instituições de Ensino Superior foi realizada pela Universidade de Comunicações de Xangai.

A lista revela um amplo domínio das instituições dos Estados Unidos, um avanço da Alemanha e uma estagnação da França, onde sofreu muitas críticas. Como no ano passado, a relação das 500 melhores universidades estabelecida pela Jiaotong traz os EUA na liderança, ocupando 17 dos 19 primeiros postos.

Pelo oitavo ano consecutivo, Harvard lidera o ranking, seguida por Berkeley, que tomou a segunda posição de Stanford. As universidades britânicas de Cambridge (5ª) e Oxford (10ª) são as únicas fora dos EUA entre as dez melhores. Entre países, a Alemanha ocupa a segunda posição no ranking das 500 melhores, com 39 universidades, bem atrás dos Estados Unidos, com 154 instituições. Grã-Bretanha, com 38 universidades, e Japão, 25, aparecem à frente da França, que com 22 instituições caiu da quinta para a sexta posição, empatada com Itália e China. O ranking completo pode ser visto no site da Jiaotong (www.arwu.org).

A ideia da lista, divulgada desde 2003, surgiu quando Pequim decidiu criar universidades de nível internacional e precisou definir os critérios de excelência. O ranking é muito criticado na Europa, especialmente na França, que denuncia uma avaliação voltada para a pesquisa, em detrimento da formação. A Jiaotong considera o número de prêmios Nobel, de medalhas Fields (Nobel da matemática) e de artigos publicados em revistas como "Nature" e "Science". A União Europeia prevê criar no próximo ano seu próprio ranking das melhores universidades, orientado pela formação dos estudantes.