Após 17º lugar, Pietro Fittipaldi festeja por completar o GP de Sakhir
patrocinado por

Após 17º lugar, Pietro Fittipaldi festeja por completar o GP de Sakhir

Piloto acredita que apresentou um bom ritmo na prova realizada no Bahrein

AE

Após 17º lugar, Pietro Fittipaldi festeja por completar o GP de Sakhir

publicidade

Substituto de Romain Grosjean no GP de Sakhir e já confirmado também para a corrida de Abu Dabi, o brasileiro Pietro Fittipaldi comemorou muito conseguir completar sua primeira corrida na Fórmula 1. Ele terminou no 17.° lugar na prova deste domingo, no Bahrein.

"Estou feliz por ter terminado meu primeiro Grande Prêmio. Esse era o objetivo", festejou o neto de Emerson Fittipaldi. "Tive uma boa batalha no final com Jack (Aitken) e Kevin (Magnussen). Foi bom colocar alguma ação lá. Meu ritmo foi muito bom desde o meio até o fim."

Veja Também

Pietro foi o 20° no grid do GP de Sakhir com a Haas. Em sua estreia, a meta era levar o carro até o fim. Terminou no 17° e último lugar após três abandonos, mas não lamentou o resultado. Para um estreante às pressas, valeu cruzar a linha de chegada. O seu companheiro na Haas, o experiente Kevin Magnussen, foi apenas o 15.°.

"No reinício (após a saída do segundo safety car) estava tentando lutar, mas tinha consciência ao mesmo tempo que o objetivo era finalizar. Aprendi muito para a minha próxima corrida, isso é o mais importante", explicou. "É muito difícil hoje em dia chegar à Fórmula 1, mas posso dizer que terminei uma corrida na modalidade. Agradeço à equipe pela oportunidade."

Punição 

Charles Leclerc vai perder três posições do grid do GP de Abu Dabi, última etapa da temporada. O monegasco da Ferrari foi apontado como responsável pelo acidente na primeira volta do GP de Sakhir, que acabou tirando o holandês Max Verstappen da corrida.

"O carro 16 (de Leclerc) freou tarde demais na curva 4, travando a roda dianteira direita e colidindo com o carro 11 (Perez), que estava levando a linha normal de corrida para a curva", disse o comunicado dos comissários da corrida no Bahrein.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895