Após entrevista de Kannemann, Romildo Bolzan usa rede social para defender mudanças no Grêmio
capa

Após entrevista de Kannemann, Romildo Bolzan usa rede social para defender mudanças no Grêmio

Romildo Bolzan Júnior voltou a afirmar que demissões foram feitas com respeito e de forma criteriosa

Por
Correio do Povo

Romildo Bolzan Júnior usou a rede social para reafirmar que as demissões ocorreram com respeito aos profissionais demitidos

publicidade

Após a entrevista forte do zagueiro Kannemann demonstrando “raiva” com as demissões de sete profissionais durante a semana, o presidente Romildo Bolzan voltou a defender as alterações realizadas na comissão técnica e em funcionários de apoio do departamento de futebol. O mandatário usou a sua conta particular no Twitter para reafirmar que as mudanças foram realizadas de “forma criteriosa, com respeito e agradecimento aos profissionais” demitidos.

O posicionamento na rede social segue a linha da entrevista dada pelo presidente na quinta-feira à tarde. Bolzan afirmou durante a coletiva que foi um “processo normal” a troca de funcionários que estavam há anos no clube.

“Não houve avaliação individual. Temos um grande respeito e admiração por todos os profissionais, somos muito agradecidos, mas as organizações precisam dar um passo adiante, fazer suas modificações. De maneira normal, fizemos num momento que foi possível", explicou o mandatário na quinta-feira.

Na manhã desta sexta-feira, o preparador de goleiro, Mauri Lima, foi o primeiro profissional que ocupou a vaga de um dos demitidos. Rogério Godoy foi criado no Tricolor e passou a integrar a comissão técnica em 2012.

• Confira a coletiva de Kannemann

• Confira a coletiva do presidente Romildo Bolzan Júnior