Data da viagem do Grêmio para Santa Catarina ainda não está definida

Data da viagem do Grêmio para Santa Catarina ainda não está definida

Clube acerta detalhes logísticos para levar a delegação, que terá o técnico Renato Portaluppi como novidade, para Criciúma

Por
Rafael Peruzzo

Grêmio deve treinar por cerca de 10 dias no CT do Criciúma


publicidade

Com a impossibilidade de treinar coletivamente no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, a direção do Grêmio tomou uma atitude radical e irá treinar na cidade de Criciúma, em Santa Catarina. O Tricolor utilizará o CT do Criciúma por cerca de dez dias. O embarque ainda não tem data definida.

O Grêmio ainda acerta detalhes logísticos, como o hotel em que a delegação ficará hospedada. A expectativa é de que, até o fim de semana, tudo esteja pronto para a viagem. Em Santa Catarina, os treinos coletivos, que permitem o contato entre os jogadores, estão permitidos.

O Grêmio trabalhou forte nos bastidores nas últimas semanas, tentando convencer as autoridades estaduais e municipais a flexibilizarem os trabalhos no CT, inclusive apresentando os protocolos sanitários ao Estado e à prefeitura. Com o avanço da pandemia de coronavírus no Rio Grande do Sul, porém, não obteve sucesso.

Na segunda-feira, o governador Eduardo Leite declarou que o futebol, neste momento, “não é prioridade”. A partir daí, o Grêmio procurou outro local para seguir seu planejamento. E escolheu Criciúma pelas condições disponibilizadas pela equipe local e a proximidade com Porto Alegre.

Os jogadores estão na nona semana de treinos físicos, o que vem causando uma exaustão. O departamento médico já alertou para o risco de lesões por sobrecarga desse tipo de atividade.

A perspectiva de início do Campeonato Brasileiro em agosto e o retorno ao trabalho de times do eixo Rio-São Paulo também influenciaram na decisão do Grêmio.

Renato Portaluppi estará em Santa Catarina

A principal novidade em Criciúma será a presença do técnico Renato Portaluppi. O treinador está em isolamento no Rio de Janeiro desde o início da pandemia por ser considerado do grupo de risco para o coronavírus. Há cerca de dez dias, ele foi flagrado na praia de Ipanema tomando banho de mar.

Em entrevista ao CP, disse que não estava em Porto Alegre porque “não tinha função nesse momento”. O técnico retornará ao trabalho em Criciúma.

Na segunda-feira, o departamento médico realizou mais 73 testes para a Covid-19 em jogadores e funcionários do CT  Luiz Carvalho. Nenhum resultado deu positivo para o coronavírus.


Até agora, o Grêmio já fez um total de 408 testes desde que reiniciou os treinamentos no dia 5 de maio. Todos os protocolos montados pelos médicos do clube serão levados para Santa Catarina