Desejo de ter meia como titular gera dúvida sobre saída de volante no Grêmio

Desejo de ter meia como titular gera dúvida sobre saída de volante no Grêmio

Lucas Silva, Maicon e Matheus Henrique: um dos três deverá deixar a equipe para a entrada de Thiago Neves ou Jean Pyerre

Rafael Peruzzo

Matheus Henrique e Lucas Silva se destacaram na vitória sobre o América de Cali

O esquema com três volantes no Grêmio surgiu de maneira emergencial e foi justificado pelo técnico Renato Portaluppi com a ausência de um meia de criação. O treinador, porém, não abrirá mão de ter em campo um jogador com essas características, o que coloca Thiago Neves e Jean Pyerre em uma futura briga pela posição. No entanto, outra questão se impõe e precisa ser definida pelo comandante gremista: qual volante deixará o time titular para a entrada de um criador?

O Tricolor tem atuado com Lucas Silva, Maicon e Matheus Henrique. O primeiro tem se destacado nos últimos jogos com boas atuações e até participou do gol de Victor Ferraz diante do América de Cali. Maicon, o mais experiente do tripé, é conhecido por ditar o ritmo do time, mas tem sofrido com algumas dificuldades físicas, tanto que Renato revelou que o volante pediu para ser substituído no jogo dessa terça. Matheus Henrique garantiu a titularidade pela dinâmica que apresenta dentro de campo e o gol marcado na estreia na Libertadores faz da sua continuidade na equipe quase que uma obrigação. 

Seja como for, o esquema com três volantes está com os dias contados e dependerá das condições de Thiago Neves e Jean Pyerre. Neves deverá receber uma oportunidade neste domingo, quando o Grêmio enfrentará o Pelotas na Boca do Lobo. Já Jean Pyerre ainda depende de um coletivo para mostrar que ao menos pode ser relacionado.   

Renato também admitiu que Everton e Alisson estão com funções um pouco diferentes em relação a 2019. O Cebolinha tem ocupado uma faixa mais central do campo. No domingo o Grêmio enfrenta o Pelotas na Boca do Lobo. E Thiago Neves terá uma nova oportunidade de mostrar serviço. Renato deverá escalar uma equipe alternativa. 


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895