Grêmio pedirá anulação da partida contra São Paulo e investigação sobre escala do árbitro de VAR

Grêmio pedirá anulação da partida contra São Paulo e investigação sobre escala do árbitro de VAR

Decisão foi comunicada neste domingo pelo presidente do clube Romildo Bolzan Jr.

Correio do Povo

Partida ocorreu na noite neste sábado no estádio do Morumbi

publicidade

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., comunicou neste domingo que o clube pedirá a anulação da partida contra o São Paulo pelo Brasileirão, ocorrida na noite deste sábado. Em nota, Bonzan também afirmou que o Tricolor também pedirá investigação da reunião realizada entre membros da CBF com a parte responsável que motivou a mudança na escala do árbitro do VAR.

"Equívocos, descritérios, erros e a omissão do VAR em lances capitais da partida colocam a arbitragem brasileira sob suspeição", disse o presidente sobre a partida que, segundo o clube, teve arbitragem "desastrosa e danosa". Ontem, após a partida, Romildo Bolzan utilizou a rede social para direcionar críticas. "O resultado do jogo não refletiu a partida. A troca do quadro de arbitragem comprometeu o crédito da arbitragem brasileira de seus comandantes. O Grêmio foi flagrantemente prejudicado, embora os critérios: pênaltis, cartões e critérios de avaliações, sem falar no VAR, novamente omisso. Deslegitimou, desacreditou a arbitragem e o crédito do futebol brasileiro pelo antecedente da influência do São Paulo na troca do quadro arbitral. Chega. Sem mais mais espaços para imoralidades”, escreveu. Já o técnico Renato Portaluppi, que acompanhou o time de perto, evitou falar sobre a arbitragem momentos após a partida.

A partida com o time paulista pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou em 0 a 0 no Morumbi. Com o resultado, os gremistas, que ocupavam a 11ª posição, conquistaram um ponto, chegando a 21 na competição.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895