Mais encorpado, Grêmio inicia Brasileirão com força para conquistar título
capa

Mais encorpado, Grêmio inicia Brasileirão com força para conquistar título

Direção considera elenco mais forte para brigar tanto pela principal competição nacional quanto pela Libertadores

Por
Rafael Peruzzo

Entrosamento da equipe é uma das armas do Tricolor na temporada

publicidade

O Campeonato Brasileiro é o único torneio que o Grêmio não conquistou no recente ciclo vitorioso – com exceção do Mundial de Clubes, uma realidade quase impossível para clubes sul-americanos ante a força técnica e financeira da Europa. São 23 anos sem erguer a taça da principal competição nacional. Voltar a vencê-la é um dos objetivos do clube nesta temporada, mesmo que na hierarquia a Libertadores da América esteja à frente. A diferença para os anos anteriores é que em 2019 o grupo ficou mais qualificado, algo primordial para brigar pelo título em um campeonato disputado por pontos corridos. O Tricolor estreia no domingo, quando recebe o Santos na Arena.

Renato Portaluppi não deixará de priorizar as copas, a exemplo de outras temporadas, mas neste ano há melhores peças de reposição. O setor defensivo, mais especificamente a zaga, é que ainda carece de qualidade e quantidade para suprir possíveis ausências de Geromel e Kannemann. O presidente Romildo Bolzan Junior já declarou que o grupo atual é o mais competitivo que sua gestão formou desde que assumiu, e o departamento de futebol admite a busca por mais um zagueiro.

Se quiser figurar na ponta de cima do Brasileirão e chegar à reta final fazendo frente aos principais concorrentes, o Grêmio também terá, em comparação ao ano passado, de melhorar seu rendimento dentro da Arena. Em 2018, o Tricolor deixou escapar 16 pontos em casa e fechou o campeonato com um aproveitamento de 71,9% em seus domínios. O Palmeiras, campeão brasileiro, obteve um aproveitamento de 87,7% no Allianz Parque.“Nos anos anteriores nós deixamos escapar muitos pontos dentro de casa, tivemos muitos altos e baixos. Espero que a gente entre mais concentrado esse ano e faça uma competição mais equilibrada”, comenta o atacante Everton.

Apesar de ter perdido apenas duas partidas na Arena em 2018, o Grêmio exagerou nos empates, somando cinco no total. “Qualquer competição que o Grêmio joga, ele entra para ser campeão. A nossa equipe tem qualidade e este ano está mais fortalecida”, continua. Principal jogador do elenco, ele destaca a qualidade dos colegas. “Temos muitos atletas multicampeões no grupo, mas que ainda não venceram o Campeonato Brasileiro”, lembra.

Em evidência, ele deve receber uma maior atenção por parte dos adversários. “Em alguns jogos eu venho sofrendo com a marcação dobrada. Quando o jogador chama a atenção, as outras equipes acabam tendo um maior cuidado. Mas isso acontece não só comigo, tenho que estar preparado para enfrentar”, completa. O Grêmio vai utilizar seu novo uniforme na estreia do Campeonato Brasileiro. A novidade deste ano são as listras mais largas e a gola estilo polo.