Matheus Henrique descarta favoritismo e pede Grêmio focado no Gre-Nal

Matheus Henrique descarta favoritismo e pede Grêmio focado no Gre-Nal

Volante garantiu que o Tricolor está trabalhando para subir na tabela do Brasileirão: "Nosso lugar não é ali"

Correio do Povo

Matheus Henrique quer Grêmio focado na recuperação pelo Brasileirão

publicidade

Com o retrospecto favorável nos clássicos Gre-Nais desta temporada - quatro vitórias em cinco jogos - e o período sem derrotas do Grêmio para o maior rival, o volante Matheus Henrique nega que exista favoritismo gremista e garante que a equipe entrará focada para vencer e começar uma retomada no Brasileirão. Classificado na Libertadores, o Tricolor ainda não "engrenou" na competição nacional e ocupa a 15ª colocação com treze pontos.

"A gente sabe da rivalidade. É entrar com o mesmo espírito, como se fosse entrar contra qualquer outra equipe. Temos que defender a invencibilidade competindo. Temos condições de fazer mais uma grande partida contra o Inter. Em clássico não existe favoritismo. A estatística não entra dentro de campo. Clássico se define em detalhe. A equipe que errar menos vai sair vitoriosa", salientou.  Desde que subiu para a equipe profissional do Tricolor, o volante ainda não perdeu nenhuma partida contra o Inter.

Em função da pandemia, este será mais um Gre-Nal na Arena sem a presença do torcedor tricolor. Segundo Matheus Henrique, a equipe sente saudade da torcida, mas garante que isso não pode justificar um desempenho ruim em casa.

"É diferente jogar sem o nosso torcedor. A gente sente falta, mas não podemos colocar a culpa de um empate ou derrota por não ter torcedor. Estamos trabalhando para subir na tabela, nosso lugar não é ali. A gente não entra pra empatar ou perder, mas sabemos que às vezes acontece. A gente trabalha para a vitória. Vamos buscar o máximo de pontos possíveis", indicou. 

O volante também comentou as ausências dos zagueiros Kannemann e Geromel, com a Covid-19, e o possível retorno de Maicon como uma das surpresas na escalação inicial do Grêmio, que enfrentará o Inter neste sábado, às 17h, na Arena.

"Todos sabem que Geromel e Kannemann fazem uma das melhores duplas de zaga da América. Mas acredito na força do grupo. (Independente de) Quem da nossa dupla de zaga entrar em campo, nós vamos entrar bem representados (...) o Maicon e eu, um casa no estilo de jogo do outro. Gostamos de ter o controle de jogo. Todos sabem da importância de ter ele. Fico feliz pelo retorno, espero que esteja o mais rápido possível dentro das quatro linhas", pontuou. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895