Coudet cita alívio por classificação do Inter e espera equipe "mais solta"
capa

Coudet cita alívio por classificação do Inter e espera equipe "mais solta"

Treinador Colorado destacou pressão em decisões seguidas na etapa prévia da competição, sem margem para erros

Por
Correio do Povo

Eduardo Coudet quer equipe "mais solta" após classificação na Libertadores

publicidade

O Inter encerrou sua participação na fase prévia da Libertadores com o objetivo atingido. A vitória por 1 a 0 sobre o Tolima, no Beira-Rio, na noite desta quarta-feira, garantiu a classificação para a fase de grupos da competição continental. Ao avançar, o Colorado vai para o grupo E, onde fará dois clássicos inéditos contra o Grêmio, além de encarar o Universidad Catolica e o America de Cali.

O técnico Eduardo Coudet destacou o alívio após a classificação, em uma sequência de jogos decisivos enfrentada pelo Inter na pré-Libertadores. Citou a ausência de "margem de erro" nas fases de mata-mata e espera tranquilidade para trabalhar. "Importante para nós essa classificação. Passamos por duas fases, onde as equipes brasileiras sofrem. Não vamos relaxar, mas seguramente vamos jogar mais soltos", frisou.

O treinador explicou que a saída de Rodrigo Lindoso, ainda no primeiro tempo, ocorreu por necessidade, e não por opção técnica, já que o jogador sentiu. E destacou que começou com jogadores com características mais defensivas, como o próprio Lindoso, para ter alternativas caso a equipe precisasse reverter um placar desfavorável. "Temos que ter paciência, não podemos jogar com ansiedade. Com a volta de outros jogadores, vamos ter mais alternativas ofensivas", resumiu.

Aos 15 minutos do segundo tempo, o Inter passou a jogar com um a menos, por conta da expulsão de Andrés D'Alessandro. O técnico Eduardo Coudet parabenizou o "esforço redobrado" da equipe para ocupar os espaços com 10 homens em campo. "Deram uma grande mostra de caráter. Mesmo com um a menos, geramos situações para marcar", elogiou.

A classificação do Inter também garantiu um momento histórico para a Libertadores e o futebol gaúcho. Após bater na trave em várias oportunidades, clássicos Gre-Nais serão disputados pela competição continental pela primeira vez. "Vai ser importante para a cidade. Gostamos de jogar clássicos, respeitamos todas as equipes, mas temos vontade de enfrentar o Grêmio e os demais rivais da chave", destacou.

A estreia na Libertadores é contra os chilenos da Universidad Catolica, na próxima terça-feira, às 19h15min, no Beira-Rio. Antes, a equipe concentra forças para o Gauchão. O Colorado volta a campo para enfrentar o Caxias, no sábado, às 19h, no Estádio Centenário, em jogo válido pela primeira rodada do segundo turno do Estadual.