Coudet explica D'Ale mais perto do gol: "Ideia é que meias ocupem posições de ataque"
capa

Coudet explica D'Ale mais perto do gol: "Ideia é que meias ocupem posições de ataque"

Argentino foi fundamental na vitória por 3 a 1 sobre o Pelotas no Beira-Rio e teve atuação elogiada pelo treinador

Por
Correio do Povo

Coudet quer meias mais perto do ataque em suas jogadas

publicidade

O meia D'Alessandro teve boa atuação na vitória do Inter por 3 a 1 sobre o Pelotas, na noite deste domingo, no Beira-Rio. E o argentino não passou despercebido diante do olhar do treinador. Eduardo Coudet elogiou o atleta, que marcou uma vez e deu duas assistências na partida. 

Coudet explicou, também, o posicionamento diferente no qual colocou o jogador. O meia jogou ao lado de Paolo Guerrero, mais perto do gol em relação ao que está acostumado a atuar normalmente. "A ideia é que os meias ocupem posições de ataque, e que criem possibilidade e situações de gol, com a participação de todos", detalhou. 

Ainda sobre o ex-companheiro de River Plate, Coudet elogiou a mentalidade e o profissionalismo. Disse que a "se treina como se joga", e vice-versa, e disse que a presença de jogadores com maior experiência passa uma boa mensagem ao plantel. 

Coudet voltou a citar a falta de ritmo de jogo, ainda por conta do tempo de preparação, longe do considerado ideal para ter o time em condições ideais. Mas, mais uma vez, elogiou a atuação da equipe diante das circunstâncias. "Fizemos uma partida correta. Baixamos o ritmo em alguns momentos, mas estou contente pela exibição. Necessitamos de tempo de trabalho para melhorar", observou.

Com o resultado, o Inter lidera o grupo A do Gauchão, com seis pontos em dois jogos. O Colorado volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30min, para enfrentar o São Luiz, no 19 de Outubro, em Ijuí, em jogo válido pela terceira rodada da competição.