Inter admite busca por reforço, mas vê capacidade "quase nula" de investimentos

Inter admite busca por reforço, mas vê capacidade "quase nula" de investimentos

Alexandre Chaves Barcellos lamentou lesão de Boschilia e afirmou que departamento de futebol busca reposição

Correio do Povo

Inter reconhece carências no elenco, mas esbarra na questão financeira para contratar

publicidade

Mesmo com bons resultados até o momento nas competições em que disputa, o Inter reconhece a necessidade de reforçar o elenco. Na noite desta quarta-feira, os reservas de Eduardo Coudet venceram o Atlético-GO por 2 a 1 e deixaram a equipe perto da vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. 

O vice do Inter, Alexandre Chaves Barcellos lembrou algo que já havia dito em outra oportunidade, de que só iria ao mercado caso acontecesse algo grave, e lamentou que isso tenha ocorrido, referindo-se à lesão de Boschilia. Ele admitiu a busca por um reforço, mas reafirmou as dificuldades. "Temos uma capacidade quase nula de investimento. Estamos nos valendo de criatividade para viabilizar isso, mas é muito complicado", assegurou.

Barcellos admitiu "sondagens recíprocas" entre Inter e Cruzeiro para uma troca envolvendo William Pottker e Maurício. No entanto, reconheceu que é difícil que a negociação se concretize. "Estamos muito distantes. A probabilidade é muito pequena", resumiu ele.  

O Inter joga por um empate contra o Atlético-GO, no Beira-Rio, na próxima terça-feira, às 21h30min, para se classificar às quartas de final da Copa do Brasil. Antes, tem compromisso pelo Brasileirão diante do Corinthians, às 19h15min, na Neo Química Arena, no sábado.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895