Inter vai à CBF para ouvir áudios do VAR de jogo contra o Flamengo
capa

Inter vai à CBF para ouvir áudios do VAR de jogo contra o Flamengo

Segundo o vice de futebol Roberto Melo, clube quer entender a razão do árbitro Luiz Flavio de Oliveira não ter sido chamado no lance do pênalti do Guerrero

Por
Correio do Povo

Inter quer esclarecimentos sobre lances polêmicos de jogo contra o Flamengo

publicidade

O Inter irá nesta terça-feira à sede da CBF, no Rio de Janeiro, para pedir explicações e ouvir os áudios dos lances polêmicos do jogo contra o Flamengo, ocorrido na quarta-feira da semana passada. Na ocasião, o Colorado, que teve dois jogadores expulsos, foi derrotado por 3 a 1 no Maracanã. A informação foi dada pelo vice-presidente de futebol do clube, Roberto Melo, e segundo ele, o diretor executivo Rodrigo Caetano e o diretor de futebol Adauri Silveira serão os representantes do time gaúcho. 

"Vamos tentar ouvir os áudios dos lances com o Flamengo e tentar entender o porquê do VAR não ter chamado do árbitro (Luiz Flavio de Oliveira) no lance do pênalti no Guerrero. Normalmente, a gente leva os lances que poderiam ter sido interpretados de maneira diferente. Nós queremos entender o que aconteceu porque não adianta ficar passeando, fazendo videozinho e palestra e depois o VAR atuar de maneira diversa do que é apresentado", argumentou Melo em entrevista coletiva em referência ao chefe da arbitragem na CBF, Leonardo Gaciba. 

Ao ser questionado sobre os lances da partida entre Inter e Palmeiras, Melo comentou que o VAR cumpriu seu propósito. "O VAR atuou como tem que atuar. Quando há um erro do árbitro, ele dá a oportunidade do juiz corrigir o erro que ele cometeu", resumiu. 

Após o empate em 1 a 1 com o Palmeiras, o Inter estará de folga nesta segunda-feira e volta aos trabalhos nesta terça, com um treino marcado para as 15h30min. O próximo compromisso do Colorado no Brasileirão será o Cruzeiro, no sábado, em jogo agendado para as 21h, no Mineirão.