Porto Alegre cria Registro Unificado para garantir auxílio a afetados pela enchente

Porto Alegre cria Registro Unificado para garantir auxílio a afetados pela enchente

Duas mil famílias já foram identificadas, representando cerca de 6 mil pessoas das mais de 12 mil acolhidas até terça-feira, 21 de maio

Correio do Povo

Moradores de Porto Alegre impactados pelas enchentes deverão se cadastrar para acessar benefícios sociais

publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre cria Registro Unificado para atendimento à população afetada pela enchente. Desde o início do cadastramento no último sábado, 18, nos abrigos da prefeitura e parceirizados, duas mil famílias já foram identificadas, representando cerca de 6 mil pessoas das mais de 12 mil acolhidas até esta terça-feira, 21. O trabalho, realizado por servidores municipais convocados para esta força-tarefa, segue até o final da semana.

A base única de dados permitirá identificar os atingidos e qualificar as informações para direcioná-los a programas sociais em desenvolvimento pelos governos municipal, estadual e federal. A coordenadora do trabalho e assistente social da Secretaria Extraordinária de Modernização e Gestão de Projetos, Adriana Furtado, explica que o documento reunirá informações para o planejamento de políticas públicas imediatas e futuras nas áreas de saúde, educação, economia, causa animal, assistência social, trabalho e renda, e habitação.

O registro pode ser feito por moradores de áreas alagadas, incluídos ou não no CadÚnico. A partir das 14h desta quarta-feira, 22, o cadastramento poderá ser realizado pelo próprio cidadão por meio de plataforma on-line e em locais físicos.

✅Quem pode se cadastrar

  • Abrigados: Famílias que estão em alojamentos/abrigos cadastrados na prefeitura. Cadastramento já em andamento feito por servidores municipais.
  • Desalojados que estão em casas: Famílias que estão em casa de amigos e parentes; pessoas que estão em suas casas, mesmo que em estado de alagamento ou danificadas.

Onde se cadastrar:

  • Internet: Pelo site (clique aqui)
  • Locais:
  • Casa dos Conselhos, na avenida João Pessoa, 1110, esquina com a Venâncio Aires
  • Estação Cidadania da Lomba do Pinheiro, na Estrada João de Oliveira Remião, 5250, bairro Agronomia
  • Estação Cidadania Restinga, na rua Arno Horn, 221, bairro Restinga
  • Horário: Das 14h às 18h

Veja Também


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895