Maioria do STF vota para Censo ir a campo apenas em 2022

Maioria do STF vota para Censo ir a campo apenas em 2022

Discussão do tema ocorre no plenário virtual da Corte

AE

Maioria do STF votou por obrigar governo a realizar o Censo em 2022

publicidade

Em um vitória da equipe econômica, a maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu a favor de dar mais tempo para que o governo Jair Bolsonaro adote as medidas necessárias para a realização do Censo. Até agora, foram totalizados seis votos para que o levantamento só seja executado em 2022. 

A discussão do tema está ocorrendo no plenário virtual da Corte, uma ferramenta digital que permite a análise de casos sem a necessidade de ministros se reunirem pessoalmente ou pro videoconferência. O julgamento está previsto para ser encerrado às 23h59 desta sexta-feira. 

Os ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Rosa Weber e Dias Toffoli acompanharam a divergência aberta pelo ministro Gilmar Mendes, no sentido de esticar o prazo para o governo esticar o prazo do Censo ir para a rua. 

A decisão da maioria derruba o entendimento do relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello, que havia determinado no mês passado a realização de todas as medidas voltadas à realização do Censo de 2021.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895