Bancários protestam contra PEC que extingue plebiscito para venda do Banrisul

Bancários protestam contra PEC que extingue plebiscito para venda do Banrisul

Grupo posicionou um carro de som em frente à Assembleia Legislativa durante a votação em plenário

Felipe Samuel

Ato ocorreu durante votação desta terça-feira

publicidade

Representantes do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) protestaram nesta terça-feira contra a proposta de emenda à Constituição (PEC) 280/19, que extingue a necessidade de realização de plebiscito para decidir sobre a venda da Corsan, do Banrisul e da Procergs. Em meio à votação em primeiro turno na Assembleia Legislativa, o grupo posicionou um carro de som na frente do local durante a votação em plenário.

Contrários à PEC 280/19, de autoria do deputado Sérgio Turra (Progressistas), os manifestantes reforçavam os pedidos aos parlamentares para votar contra a proposta. Em número reduzido, para evitar aglomeração, o grupo liderado pelo presidente do SindBancários, Luciano Fetzner, afirma que a direção do sindicato orientou os bancários a reforçar a mobilização via redes sociais. "Se o governador quer mexer no capital ou na governança, que o faça por meio do debate público, não em meio à pandemia, por meio de um debate franco, aberto e democrático", critica.

Na avaliação de Fetzner, a possibilidade de venda do Banrisul pode repetir o insucesso de outros estados. "É um absurdo, o Banrisul é um instrumento de fomento da economia do Estado. Outros estados cometeram esse erro de privatizar", ressalta.

Fetzner destaca que a categoria se mantém mobilizada desde o anúncio do governo de privatizar a Corsan. "O governador Eduardo Leite quer jogar no colo dos deputados e deputadas a responsabilidade de desfazer a promessa de campanha de que não iria privatizar", assinala. "Somos tão contra a venda do Banrisul quanto da Procergs e da Corsan", completa.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895