RS anuncia vacinação da população adulta com primeira dose até 30 de agosto

RS anuncia vacinação da população adulta com primeira dose até 30 de agosto

Estado projeta receber projeta receber do Ministério da Saúde 1.703.000 doses de imunizantes da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac neste mês

Correio do Povo

Adultos com 18 anos ou mais serão vacinados no RS em agosto

publicidade

O governador Eduardo Leite antecipou, nesta quarta, a aplicação da primeira dose da vacina contra Covid-19 para todos os moradores do Rio Grande do Sul que tenham 18 anos ou mais até 30 de agosto. A declaração foi feita no perfil no Twitter do chefe do Executivo gaúcho. A expectativa anterior era até 7 de setembro. A nova projeção resulta de estudos técnicos realizados pela Secretaria da Saúde (SES) e foi validada durante reunião do Gabinete de Crise na tarde desta quarta.

O anúncio foi feito no dia em que o Gabinete de Crise voltou a disparar Avisos para 17 das 21 regiões Covid do Estado. A decisão foi consequência do aumento no número de internações acumuladas na semana para cada 100 mil habitantes, identificadas pelo sistema Sivep Gripe. 

Em vídeo na noite desta segunda-feira, o governador Eduardo Leite comemorou o avanço da vacinação e a antecipação do cronograma. "É uma notícia importante. Claro que depende das remessas do Ministério da Saúde, que deve continuar entregando", afirmou. 

Leite ressaltou ainda a redução de internações em leitos clínicos e de UTI, com os números mais baixos em um ano. O governador frisou a necessidade de manutenção dos cuidados preventivos. "Devemos estar atentos com as novas variantes, mas estamos rumando para uma volta à normalidade com a sequência da vacinação", comemorou.

Projeção de novas doses

Em agosto, o Rio Grande do Sul projeta receber do Ministério da Saúde 1.703.000 doses de imunizantes da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac para primeira e segunda doses. Segundo a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri, esse quantitativo é suficiente para destinar primeiras doses para toda a população de até 18 anos.

Nesta quarta, da população vacinável acima de 18 anos no Estado (8.958.689), 73,8% receberam ao menos uma dose ou a dose única da Janssen. Entre os residentes, 6.378.377 pessoas já receberam a primeira dose ou a dose única. Ainda falta vacinar 882.091 pessoas da faixa etária entre 18 e 39 anos.

Para que seja possível atingir a imunidade coletiva no Estado, Tani alerta que é necessário vacinar, no mínimo, 70% da população com as duas doses ou dose única, mas de forma homogênea entre municípios e idades. “O ideal é que o Estado atinja 90% de cobertura vacinal”, completa.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895