"Xamã" do ataque ao Congresso dos EUA é condenado a 41 meses de prisão

"Xamã" do ataque ao Congresso dos EUA é condenado a 41 meses de prisão

Jacob Chansley, 34 anos, se declarou culpado em setembro de invadir o local

AFP

Centenas de apoiadores de Trump invadiram o local para impedir a vitória de Joe Biden

publicidade

O apoiador de Donald Trump e autoproclamado "xamã" que, sem camisa e com um cocar de pele e chifres, se transformou no rosto do ataque de 6 de janeiro ao Capitólio dos Estados Unidos foi sentenciado nesta quarta-feira a 41 meses de prisão.

A promotoria pediu mais de quatro anos de prisão para Jacob Chansley, 34 anos, que se declarou culpado em setembro de invadir a sede do Congresso junto com centenas de apoiadores de Trump para impedir que legisladores certificassem a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895