Crise política não pode prevalecer à união para salvar vidas, diz Maia
capa

Crise política não pode prevalecer à união para salvar vidas, diz Maia

Presidente da Câmara afirma que a transparência prevaleceu na decisão do ministro Celso de Mello de divulgar trechos de reunião ministerial

Por
R7

Foco atual do parlamento é impedir que mais vidas sejam perdidas em decorrência da pandemia do novo coronavírus

publicidade

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira, durante a segunda edição da Live JR, que o foco atual do parlamento é impedir que mais vidas sejam perdidas em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

“Estou muito focado no enfrentamento da pandemia. A gente tem que focar nisso. Não é possível que a crise política seja mais importante do que a união para salvar vidas”, afirmou Maia aos jornalistas Cristina Lemos, Eduardo Ribeiro e Celso Freitas.

Ao comentar sobre a decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), de divulgar trechos da reunião ministerial do dia 22 de abril, Maia avalia que a transparência prevaleceu. “A decisão de transparência, tão defendida no passado, foi dada”, avaliou o deputado, que disse ainda não ter acompanhado o vídeo.