"Vou indicar ministro terrivelmente evangélico para STF", diz Bolsonaro

"Vou indicar ministro terrivelmente evangélico para STF", diz Bolsonaro

Presidente fez afirmação durante sessão solene em homenagem aos 42 da Igreja Universal do Reino de Deus, na Câmara

R7

Presidente Jair Bolsonaro falou sobre indicação de ministro ao STF

publicidade

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira que indicará um ministro "terrivelmente evangélico" para uma das vagas do Supremo Tribunal Federal (STF). Durante o mandato de Bolsonaro, a Suprema Corte terá duas aposentadorias compulsórias, dos ministros Celso de Mello e Marco Aurélio Mello.

"O Estado é laico, mas nós somos cristãos. Ou, para plagiar a ministra Damares, nós somos terrivelmente cristãos. Poderei indicar dois ministros para o STF e um deles será terrivelmente evangélico", afirmou.

• Aprovação e reprovação de Bolsonaro se igualam em 33%, aponta Datafolha

A fala do presidente ocorreu no culto da frente parlamentar evangélica, no auditório Nereu Ramos, da Câmara. Depois, o presidente reiterou a indicação em seu discurso durante a sessão solene em homenagem aos 42 anos da Igreja Universal do Reino de Deus, no plenário da Câmara dos Deputados. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895