Deu a lógica no STF
capa

Deu a lógica no STF

E assim se decide o destino de um homem e o destino de uma Nação

Por
Correio do Povo

Ministro Celso de Mello durante sessão extraordinária do STF.

publicidade

Prevaleceu a Constituição Federal. O ministro Celso de Mello alfabetizou quem não queria ler direito. Ninguém será considerado culpado até o trânsito injulgado de sentença penal condenatória. E assim se decide o destino de um homem e o destino de uma Nação.

Ouça: