Inter desafia líder Corinthians no Beira-Rio para voltar a vencer no Brasileirão
patrocinado por

Inter desafia líder Corinthians no Beira-Rio para voltar a vencer no Brasileirão

Mano Menezes deve contar com o meia Alan Patrick desde o começo nesta noite às 19h

Fabrício Falkowski

Mano Menezes terá sua segunda partida no estádio Beira-Rio

publicidade

O técnico do Inter, Mano Menezes. tem um projeto: fazer a torcida colorada se orgulhar do time. Porém, o processo está no princípio e, conforme o próprio técnico, pode ser longo. É preciso paciência, continuidade e, sobretudo, vitórias. Ganhar aplaina o caminho. Sem sucesso dentro do campo, qualquer trabalho corre o risco de ser abreviado. Por isso, após três empates, ele considera fundamental a conquista de uma vitória neste sábado à noite, às 19h, contra o líder Corinthians, no Beira-Rio, pelo Brasileirão.

- Acompanhe Inter x Corinthians em tempo real pelo Brasileirão

“Eu sempre falo que o resultado é parte importantíssima. Sem ele, não se vai a lugar algum. O time não cresce, não evolui, fica no mesmo lugar. Perder é péssimo para a busca de uma filosofia”, ensina o técnico. Na sexta-feira, o treinador participou do programa Ganhando o Jogo, da Rádio Guaíba. Em quase uma hora de conversa, Mano Menezes explicou o sistema tático que pretende implantar, falou sobre o aproveitamento de alguns jogadores, como Rodrigo Dourado, Alexandre Alemão e Wesley Moraes, e confirmou que está no Inter para começar a implantar um projeto de futebol, falando sempre com transparência e leveza.

“É preciso ter uma ideia clara de futebol e avançar. Pode até não ser campeão no final de um ano, mas caminha nessa direção e fica mais próximo de ganhar alguma coisa no outro. É muito ruim quando se chega ao final de uma temporada e tem que começar tudo de novo”, filosofa o profissional, que segue invicto como técnico do Inter. Até agora, considerando Campeonato Brasileiro e Sul-Americana, ele tem cinco partidas, com três empates e duas vitórias.

A fase, entretanto, já foi melhor. Os três empates vieram justamente na sequência mais recente. A principal causa para os tropeços é a falta de ajuste no setor ofensivo. “Eu sempre tive fama de retranqueiro e nem me importo mais com isso. Mas é claro que, quando cheguei aqui, me dediquei a arrumar o setor defensivo, para dar maior segurança ao time. Porém, vamos trabalhar para montar um time que jogue um futebol completo. Esse é o projeto”, afirma.

Para o duelo desta noite, a expectativa é que com a entrada do meia Alan Patrick, na vaga do atacante Alemão, o time tenha maior efetividade no campo de ataque. Dessa forma, David será o jogador mais adiantado, com a companhia de Wanderson, em uma espécia de 4-4-2. No setor defensivo, Bruno Méndez é desfalque, já que está emprestado, justamente, pelo Timão e não pode jogar em função de questão contratual. Gabriel Mercado e Vitão vão formar a dupla de zaga. Na "volância", Rodrigo Dourado ganhou a disputa de Gabriel e será titular.

Campeonato Brasileirão - 6ª rodada

Inter
Daniel; Fabricio Bustos, Vitão, Gabriel Mercado e Renê; Dourado, Edenilson, Alan Patrick e De Pena; Wanderson e David. Técnico: Mano Menezes.

Corinthians
Cássio (Ivan); Rafael Ramos, Gil, Raul Gustavo e Lucas Piton; Du Queiroz, Maycon e Renato Augusto; Willian, Jô (Róger Guedes ou Júnior Moraes) e Gustavo Mantuan. Técnico: Vítor Pereira.

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Data e hora: 13 de maio, sábado, às 19h. 
Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS). 

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895