Seleção não fará reconhecimento por conta do gramado da Arena
capa

Seleção não fará reconhecimento por conta do gramado da Arena

Má condição do campo é uma das preocupações do técnico Tite para jogo de quinta-feira

Por
Correio do Povo

Jogadores argentinos criticaram gramado da Arena do Grêmio

publicidade

A Seleção Brasileira não irá realizar o tradicional treinamento de reconhecimento do gramado às vésperas do duelo com o Paraguai. As más condições do gramado da Arena viraram uma das principais preocupações de Tite e sua comissão técnica. O treinador foi até o estádio por dois dias consecutivos para averiguar pessoalmente o estado do campo.

O gramado da Arena foi alvo de críticas de vários jogadores durante a Copa América, incluindo Luis Suárez, do Uruguai, e o craque Lionel Messi, da Argentina. A gestora do estádio divulgou nota alegando “uso excessivo” e “falta de frio para a época do ano”. A grama atual é utilizada no inverno por conta das temperaturas baixas no Sul do país, mas o calor atípico para o mês de junho prejudicou o gramado. 

“A Ryegrass (grama utilizada no inverno) se desenvolve melhor em temperaturas mais baixas, o que não está ocorrendo em Porto Alegre neste período. Aliada ao sombreamento do inverno (metade do campo), as temperaturas estão mais elevadas, retardando o desenvolvimento da mesma e a sua recuperação pós atividades”, diz um trecho da nota oficial emitida pela Arena. A gestora tem feito melhorias nos últimos dias para amenizar os estragos.