35° Natal Luz de Gramado será remodelado

35° Natal Luz de Gramado será remodelado

Atrações com cobrança de ingresso e que podem gerar aglomerações, não serão realizadas

Halder Ramos

O 35° Natal Luz de Gramado não terá seus tradicionais espetáculos

publicidade

O 35° Natal Luz de Gramado não terá seus tradicionais espetáculos. O show do lago, o desfile e o teatro musical, que são atrações com cobrança de ingresso e que podem gerar aglomerações, não serão realizados. Em nota, a Gramadotur, autarquia que organiza os eventos de Gramado, informa que a remodelação busca oferecer maior segurança.

Conforme o presidente da Gramadotur, Rafael Carniel de Almeida, a decisão foi tomada por unanimidade pelo Conselho de Administração da Gramadotur, em reunião com a participação da Prefeitura de Gramado e da Câmara de Vereadores na tarde desta quinta-feira. “A decisão foi objeto de força maior diante da ausência de deliberações do Estado e dos prazos necessários à licitação e execução da estrutura dos espetáculos. A não-realização não se apresentou como uma escolha”, frisa Almeida.

O presidente destaca que pelas incertezas impostas pela pandemia a venda de ingressos não estava liberada. “Sabemos que isso frustra alguns dos nossos visitantes. Justamente por esse motivo, a Gramadotur não havia liberado a venda oficial dos ingressos. Precisávamos de certezas. No entanto, a certeza que temos é que a decoração deste ano, cuja produção já está em execução, surpreenderá. Será calorosa, acolhedora e memorável. Perfeita para celebrar os 35 anos do evento”, garante.

O prefeito de Gramado, João Alfredo Bertolucci, destaca que a decisão é técnica e científica. “Não podemos ir contra as manifestações científicas e promover eventos que possam contribuir para disseminação do coronavírus. Lamentamos ter que tomar esta decisão”, afirma Bertolucci.

Já o presidente do Conselho da Gramadotur, Jorge Maldaner, destaca que a decisão foi difícil, mas que a preocupação é com a segurança. “Somos sensíveis ao momento que o país e o mundo vivem e não seria diferente com Gramado. Precisamos agora focar na decoração da cidade e oferecer aos nossos visitantes um destino agradável e seguro, sendo responsável com os visitantes e com os empreendedores de Gramado”, diz Maldaner.

Para a presidente da Câmara de Vereadores de Gramado, Rosi Ecker Schmitt, a saúde e a segurança devem estar em primeiro lugar. “Fico muito triste que nossos espetáculos do Natal Luz não vão acontecer. A cada dia que passa temos que nos reinventar. Desta forma, penso que deveríamos pensar em uma outra forma de criar eventos natalinos com todos os protocolos de saúde, para que a nossa comunidade não fique prejudicada”, observa.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895