Ato unificado contra pacote de medidas do Estado reúne manifestantes em Pelotas
capa

Ato unificado contra pacote de medidas do Estado reúne manifestantes em Pelotas

Segundo organização do evento, em torno de 30 mil pessoas participaram do protesto

Por
Angélica Silveira

Segundo organização do evento, em torno de 30 mil pessoas participaram do protesto em Pelotas

publicidade

Servidores de diversas partes do Rio Grande do Sul se reuniram em Pelotas para protestar, na tarde desta terça-feira, contra o pacote de medidas enviadas pelo governador Eduardo Leite para a Assembleia Legislativa do Estado. O grupo se concentrou no Largo Edmar Fetter, em frente ao Mercado Público, com bandeiras, faixas, camisetas,  instrumentos musicais, carros de som e sinos. O ato contou com falas políticas de representantes de sindicatos – como a presidente do Cpers, Helenir Aguiar Schürer – que reafirmaram o posicionamento dos professores estaduais, que estão em greve desde o mês passado.

Conforme os organizadores do ato, em torno de 30 mil pessoas participaram do ato. Servidores e professores da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) paralizaram as atividades em apoio aos professores estaduais. Após os discursos, os manifestantes devem caminhar até a frente da Escola Estadual Ondina Cunha. O encerramento do ato deverá ocorrer em frente a 5ª Coordenadoria Regional de Educação (5CRE). 

Manifestação em Pelotas é o primeiro ato unificado no interior do Estado. A agenda de greve dos professores prevê ainda um ato de doação de sangue em todos os hemocentros do Estado nesta quarta-feira. Em Pelotas, a iniciativa ocorre a partir das 9h30min no Hemopel. Um bandeiraço em Pelotas, na esquina entre a Rua General Osório e a Avenida Bento Gonçalves, deve acontecer nesta quinta-feira a partir das 10h.

Ouça o podcast "Matriz" e entenda a primeira derrota do pacote de Leite