Bairros de Alvorada receberão obras de pavimentação e infraestrutura
capa

Bairros de Alvorada receberão obras de pavimentação e infraestrutura

Prefeitura já lançou edital de licitação para contratação de empresa que ficará responsável pela execução dos serviços

Por
Fernanda Bassôa

O prazo para realização dos trabalhos é de oito meses, mas a intenção é que os serviços sejam concluídos antes


publicidade

Famílias que vivem em 18 bairros de Alvorada serão contempladas com obras de pavimentação asfáltica e infraestrutura. Os trabalhos atingirão 63 ruas do município, num total de 16 km de extensão. O edital de licitação para contratação de empresa que ficará responsável pela execução dos serviços foi lançado pela Prefeitura e a contratação envolve, além do arruamento das vias, obras de terraplanagem, drenagem pluvial, sinalização viária, serviços urbanísticos e de mobilidade urbana.

De acordo com a Administração Municipal, a abertura dos envelopes está marcada para o dia 16 de junho e a expectativa é que assinatura do contrato e o início das obras aconteçam em 60 dias, na segunda quinzena de agosto. A modalidade é concorrência pública, com o critério de menor preço. Os recursos do contrato de financiamento virão do FINISA, num montante de R$ 20,6 milhões. O prazo para realização dos trabalhos é de oito meses, mas a intenção do prefeito José Arno Appolo do Amaral, é que os serviços sejam concluídos antes.

Aparecida, Umbu, Nova Petrópolis, Nova Americana, Caxambu, Piratini, São Pedro, Intersul, Tijuca, Jardim Porto Alegre e Bela Vista são apenas alguns dos bairros que serão contemplados com as melhorias. O secretário municipal de Planejamento e Orçamento, Márcio Barcellos, disse que o investimento na pavimentação das ruas de Alvorada vai propor desenvolvimento e valorização do comércio, crescimento econômico das comunidades, bem como a fomentação do mercado imobiliário.


“Sem falar na saúde, na qualidade de vida das pessoas. Uma rua pavimentada incentiva os moradores a construírem e preservarem suas calçadas. Todos saem ganhando.” Segundo ele, a boa notícia é que os recursos estão garantidos em caixa, o que deve acelerar o início e o término das obras.