Canela constrói salas modulares para ampliar turno integral

Canela constrói salas modulares para ampliar turno integral

Cada sala de aula tem capacidade para receber de 25 a 30 alunos

Celso Sgorla

Prazo para construção de todas as salas é até o final de abril

publicidade

O município de Canela irá construir 22 salas de aula modulares em seis escolas da rede municipal de ensino. A Escola Municipal Ernesto Dornelles á a primeira a receber as salas que já começaram a ser instaladas. Também receberão as novas instalações as escolas Severino Travi, no bairro São Rafael; Barão do Rio Grande, no Saiqui; João Alfredo Corrêa Pinto, no Sesi; Bertholdo Oppitz, no São Lucas, e Dante Bertoluci, no São Luiz. Cada sala de aula tem 41,90m², com capacidade para receber de 25 a 30 alunos. Todas serão climatizadas.

Conforme informações da Secretaria Municipal da Educação, estruturas estão sendo implantadas para ampliar o ensino de turno integral. O município já conta com ensino integral no 2º e 3º anos. Em 2022 será a vez do 4º ano.

A administração municipal investiu quase R$ 6 milhões nas obras estruturais, com recursos próprios e vinculados. O prazo para construção de todas as salas é até o final de abril. Segundo a Secretaria Municipal da Educação, as vantagens das edificações modulares pré-fabricadas aliam velocidade de execução, precisão milimétrica e redução de desperdícios, além de atender à necessidade do município de trabalhar em turno integral.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895