Caxias do Sul dá início ao projeto Ônibus Sem Catraca

Caxias do Sul dá início ao projeto Ônibus Sem Catraca

Novidade poderá ser conferida no ônibus prefixo 241, na L98 – Panazzolo / Vila Verde

Celso Sgorla

Projeto-piloto terá duração de 30 dias

publicidade

Caxias do Sul deu início nesta terça-feira ao projeto Ônibus Sem Catraca. Um coletivo da Viação Santa Tereza (Visate), empresa concessionária do transporte na cidade, atenderá a comunidade sem estar equipado com catraca para permitir maior mobilidade do público dentro do veículo. Segundo a prefeitura, o equipamento representa uma barreira que não contribui na facilidade de acesso e de circulação aos usuários. O projeto-piloto terá duração de 30 dias.

A novidade poderá ser conferida no ônibus prefixo 241, na L98 – Panazzolo / Vila Verde. O veículo já está identificado e adesivado. Um dos motivos que levaram a concessionária e a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), optar por esta linha é o fato dela ter grande índice de utilização do cartão Caxias Urbano. Dados da concessionária revelam que aproximadamente 88% dos usuários da linha optam pelo pagamento por meio eletrônico.

Como a L98 – Panazzolo / Vila Verde também presta atendimento à Associação dos Pais e Amigos dos Deficientes Visuais (Apadev), haverá um segundo funcionário da concessionária dentro do ônibus, além do motorista, para prestar apoio aos usuários nas novas referências de localização. Ele também irá esclarecer a comunidade sobre os trâmites do projeto Ônibus Sem Catraca.

O projeto, porém, não isentará os usuários do pagamento da tarifa. A leitora do cartão Caxias Urbano ficará mais próxima do motorista e o pagamento poderá ser efetuado tanto via cartão como em dinheiro, assim como ocorre atualmente, garantindo autonomia e responsabilidade do usuário. Após o período de 30 dias, a SMTTM e a concessionária reavaliarão o projeto, visando a continuidade ou não da iniciativa.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895