Com UTIs lotadas, hospital mantém atendimento restrito em Novo Hamburgo

Com UTIs lotadas, hospital mantém atendimento restrito em Novo Hamburgo

Pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19 devem se direcionar à outras instituições de saúde

Stephany Sander

Medida entrou em vigor na última terça-feira

publicidade

O Hospital Regina, de Novo Hamburgo, comunicou na tarde desta sexta-feira, que devido a lotação máxima dos seus leitos de UTI, os atendimentos na emergência destinada para doenças respiratórias - Unidade Respiratória Integrada (URI) - permanecem restritos. Pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19, com sintomas respiratórios leves, devem se direcionar à outras instituições de saúde. Demais casos seguem com atendimento na emergência. 

Desde a última terça-feira, a medida entrou em vigor, a fim de prezar pela segurança e excelência no atendimento da instituição, que também presta serviços pelo Sistema Único de Saúde (SUS) através de convênio com a Prefeitura de Novo Hamburgo.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895