Comunidade indígena conhece lei Aldir Blanc para realização de projetos em Bento Gonçalves

Comunidade indígena conhece lei Aldir Blanc para realização de projetos em Bento Gonçalves

Grupo de servidores municipais foi recebido pela Cacique Hildo Da Silva

Celso Sgorla

A comunidade indígena de Bento Gonçalves possui 27 famílias

publicidade

A comunidade indígena Kaingang de Bento Gonçalves recebeu informações sobre a lei Aldir Blanc para que possam efetuar o pré-cadastro e ter acesso a uma renda emergencial para .realização de seus projetos. A ação foi realizada  secretaria municipal de Cultura, (Secult) Conselho Municipal de Política Cultural (CPMC), Núcleo de Ação Social e Movimento Negro Raízes no último sábado.

O grupo de servidores municipais foi recebido pela Cacique Hildo Da Silva. A comunidade indígena de Bento Gonçalves possui 27 famílias. A busca ativa por trabalhadores da Cultura vai de encontro aos objetivos da Secult e do CPMC de construir o mapeamento cultural do município, desde que a Lei Aldir Blanc foi sancionada.

Desde julho, os órgãos públicos vêm realizando, todas as terças-feiras, reuniões abertas com a sociedade civil para o debate que visa atualizar e colher sugestões sobre a operacionalização dos recursos que Bento Gonçalves irá receber, que são estimados em R$ 820 mil. A  Lei Aldir Blanc está no aguardo de sua regulamentação.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895