Confirmada criação de CPI para investigar intervenção em hospital de Canguçu
capa

Confirmada criação de CPI para investigar intervenção em hospital de Canguçu

Investigação foi aberta após sumiço de R$ 100 mil das contas da instituição

Por
Angélica Silveira

publicidade

Os 15 vereadores de Canguçu, no Sul do Rio Grande do Sul, assinaram nesta segunda-feira o pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o financeiro do Hospital de Caridade da cidade. "Como mais de um terço assinou o requerimento, no caso todos, não é necessário que vá a votação", explica o presidente do Legislativo, vereador Marcelo Maron. 

Maron acredita que na próxima segunda-feira deverá ser formada a comissão com a indicação dos líderes das bancadas dos oito partidos representados na casa. "O prazo inicial é de seis meses de investigação, mas acredito que a CPI deverá chegar a uma conclusão antes disto, uma vez que o prazo é desde o ínicio da intervenção do município em 20 de dezembro até agora", diz. 

Os vereadores resolveram solicitar a abertura de investigação em função dos R$ 100 mil que desapareceram das contas da instituição na última semana, o que acarretou no afastamento do gestor do hospital, Gabriel Andina. O Executivo  entregou, na Câmara, cópia dos documentos que encaminhou ao Ministério Público. "É de interesse do Executivo esclarecer o fato, pois a preocupação é manter o serviço para a comunidade, então tem que fazer isto o quanto antes pra manter a credibilidade o que também é de interesse do Legislativo", garante.